Menus Paginas

Município e SEPNA realizaram campanha de sensibilização e de recolha de animais


Foi realizada, na tarde de dia 19 e na manhã de 20 de Setembro, uma campanha de sensibilização e de recolha de animais que se encontravam a vaguear na via pública.
Esta campanha foi realizada em conjunto com o Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR e teve como objectivo alertar a população para os cuidados a ter com os seus cães, assim como para as penalizações e coimas nas quais podem incorrer no caso de incumprimentos e que podem ir de 250€ a 5.000€ se praticadas por pessoas singulares e de 500€ a 10.000€ no caso de pessoas colectivas.
Paralelamente foi entregue documentação relativa à importância da esterilização e obrigação da recolha, por parte dos donos, dos dejectos que os animais deixam na via pública.

De recordar que, ao tomar a decisão de adoptar um animal de estimação, o dono/detentor tem o dever de:

- Ponderar muito bem a aquisição de um animal de estimação;
- Cuidar bem do animal, acarinhando-o;
- Proporcionar espaço adequado à espécie e tamanho em causa;
- Garantir alimento e abeberamento;
- Garantir os cuidados básicos de saúde (desparasitação, vacinações, etc);
- Identificar com microchip os cães entre os 3 e os 6 meses de idade;
- Vacinar os cães com mais de 3 meses de idade;
- Registar e licenciar os cães entre os 3 e os 6 meses de idade;
- Proceder, com o auxílio médico do veterinário assistente, ao controlo de reprodução do animal, o qual pode ser temporário ou definitivo;
- Obter licença de detenção, se tiver animal potencialmente perigoso ou perigoso;
- Vigiar o seu animal, de forma a evitar que este ponha em risco a vida ou integridade física de outrém.

Para mais informação sobre este assunto, por favor, consulte o site da Direcção Geral de Alimentação e Veterinária em: bit.ly/2QPy8h

«Ruído de vizinhança» campanha da GNR esclarece como deve proceder


«Ruído de vizinhança» é uma campanha que a GNR está a levar a cabo para esclarecer como deve proceder.
Sabia que o «Ruído de vizinhança» é o ruído associado ao uso habitacional e às actividades que lhe são inerentes, produzido directamente por alguém ou por intermédio de outrem, por coisa à sua guarda ou animal colocado sob a sua responsabilidade, que, pela sua duração, repetição ou intensidade, seja susceptível de afectar a saúde pública ou a tranquilidade da vizinhança?
As autoridades policiais podem:
- ordenar ao produtor de ruído de vizinhança, produzido entre as 23 e as 7 horas, a adopção das medidas adequadas para fazer cessar imediatamente a incomodidade;
- fixar ao produtor de ruído de vizinhança produzido entre as 7 e as 23 horas um prazo para fazer cessar a incomodidade.
Relativamente às obras de recuperação, remodelação ou conservação realizadas no interior de edifícios destinados a habitação, comércio ou serviços que constituam fonte de ruído apenas podem ser realizadas em dias úteis, entre as 8 e as 20 horas, não se encontrando sujeitas à emissão de licença especial de ruído.
O responsável pela execução das obras afixa em local acessível aos utilizadores do edifício a duração prevista das obras e, quando possível, o período horário no qual se prevê que ocorra a maior intensidade de ruído.
Consulte a legislação https://goo.gl/kdvrFX , e o Posto da sua área residencial.

Alunos de Campo Maior distinguidos pelo Mérito, Excelência e Valor no final do ano lectivo


Numa cerimónia que teve lugar hoje, dia 21 de Setembro, ao fim da tarde, no Centro Cultural, o Agrupamento de Escolas de Campo Maior atribuiu diplomas de mérito, excelência e valor aos melhores alunos do ano lectivo 2017/2018.
Esta iniciativa, que se repete há alguns anos, tem como objectivo distinguir os melhores alunos dos 1º, 2º e 3º ciclo do ensino básico, pelo seus resultados escolares, bem como os do ensino Profissional e Tecnológico.
No final foram atribuídos dois prémios pecuniários, no valor de 500 euros cada, aos melhores alunos do Secundário e do Ensino Tecnológico. Com médias superiores a 18 valores, este ano as premiadas foram Maria João Veríssimo Almeida, do Secundário e Miriam Monforte Cunha, do Tecnológico e Profissional.
O espaço do Centro Cultural encheu para receber toda a comunidade escolar, entre alunos, pais, encarregados de educação, professores e demais pessoas e entidades que se juntaram a esta iniciativa. Para além dos responsáveis do Agrupamento de Escolas e da Associação de Pais, estiveram presentes o Vereador João Muacho, a Vereadora Vanda Alegria, os representantes de várias instituições que colaboraram em projectos educativos como a Delta Cafés.
Segundo José Emílio Pernas, director do Agrupamento de Escolas, esta iniciativa, para além de reconhecer o esforço e dedicação dos alunos, tem como objectivo “premiar o mérito e incentivar os alunos, e toda a comunidade escolar, para um melhor desempenho ao longo do seu percurso escolar e profissional”.

Coliseu de Elvas acolhe Corrida de São Mateus que reúne Bastinhas e Caetanos, duas famílias emblemáticas do mundo tauromáquico


A tradicional corrida de toiros, integrada nas festas de São Mateus, em Elvas, vai realizar-se no próximo sábado, dia 22 de Setembro, pelas 22 horas, no Coliseu da cidade. Este evento vai reunir Bastinhas e Caetanos, duas famílias emblemáticas do mundo tauromáquico.
Comemorando os dez anos de alternativa do cavaleiro elvense Marcos Bastinhas, integram o cartel desta corrida os cavaleiros Paulo Caetano, Joaquim Bastinhas, João Moura Caetano e Marcos Bastinhas. 
Vão ser lidados dois toiros da ganadaria "Paulo Caetano" e quatro de "Rodolfo Proença", estando as pegas a cargo dos Grupos Forcados Amadores Académicos de Elvas e de Évora. Abrilhanta a corrida duas bandas filarmónicas, a Banda 14 de Janeiro e a Banda da Sociedade Filarmónica Progresso e Labor Samouquense.

Taça da Associação de Futebol Portalegre passa a ter a denominação “Taça BP Portalegre”


A Taça da Associação de Futebol  Portalegre passa a ter a denominação “Taça BP Portalegre”.
O Posto de Abastecimento da BP na capital de distrito do Alto Alentejo aceitou o desafio da Associação de Futebol de Portalegre e vai patrocinar a Taça AFP que, na sequência do acordo firmado entre a direcção e o gerente do Posto, Vasco Fernandes, vai passar a designar-se “Taça BP Portalegre”. 
Esta parceria com a BP enquadra-se na estratégia da Associação de Futebol de Portalegre (AFP) que, através deste patrocínio, consegue simultaneamente melhorar a sua capacidade para dinamizar a modalidade na região e disponibilizar - aos clubes, atletas e dirigentes filiados – mais-valias nos postos de abastecimento BP. 
Satisfeito com este acordo e, principalmente, por aquilo que este representa para a AFP e para todos os agentes ligados ao desporto-rei no distrito de Portalegre, o presidente da direcção, Daniel Pina, declara que se trata de “mais um passo importante rumo ao sucesso que queremos para a modalidade na região”. 
Vasco Fernandes mostrou-se igualmente feliz por ver a BP Portalegre dar o seu nome a uma das maiores competições do futebol distrital e sublinhou que esta parceria, que visa cimentar a presença do Posto de Abastecimento BP em Portalegre, representa igualmente um estímulo para a promoção do futebol e da prática da actividade física.

Hugo Santos, escritor campomaiorense, vai ser homenageado pelo Município de Torres Novas

Hugo Santos, escritor campomaiorense, vai ser homenageado amanhã, dia 22 de Setembro, às 16H30, na Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes, em Torres Novas.
A sessão terá vários momentos, entre os quais, muita honra nos dá haver uma leitura conjunta de textos de Hugo Santos, pelos seus amigos. Este momento terá como pano de fundo um conjunto de fotografias de Campo Maior da autoria de Joaquim Candeias, colaborador do Campomaiornews, e que também marcará presença nesta cerimónia.
Hugo Santos nasceu em Campo Maior no ano de 1939.
Teve no ensino a sua profissão principal, mas foi na escrita que desde cedo se revelou. Autor de vasta obra poética, escreveu também romances e contos. Hugo Santos é autor de dezenas de livros que viu publicados ao longo da sua vida. Recebeu vários prémios literários e a sua obra reflecte uma linguagem própria. Há nela uma marca bem evidente, um ritmo e respiração singulares, um cunho que se percebe ser de Hugo Santos quando escreve sobre o amor, sobre a família, sobre os pássaros, a nostalgia e a imensidão do seu Alentejo, casa-mãe.
Morador em Torres Novas, desde os anos oitenta, aqui também escreveu e constituiu família. Reconhecido pelos seus pares, Hugo Santos verteu por palavras a sua visão do mundo e a sua forma de estar. E é esse reconhecimento que pela vontade de amigos e da Câmara Municipal de Torres Novas dará agora lugar a justa homenagem, ao homem e ao escritor, em cerimónia aberta à comunidade.
Fonte: MunicípiodeTorresNovas

Quim Barreiros abre hoje programa musical do São Mateus 2018 em Elvas


O programa musical da Feira de São Mateus, edição 2018, que decorre entre os dias 20 a 30 de Setembro no Parque da Piedade, tem hoje início.
Quim Barreiros abre o programa de actuações, hoje pelas 23H00, seguido de DJ Grouse (ver cartaz em baixo).
Grupos como os HMB, Tim, Ana Moura, Diogo Piçarra, Calema e Quim Barreiros são alguns dos cabeças-de-cartaz da edição deste ano da Feira de São Mateus, na vizinha cidade de Elvas.
A Praça da Feira volta a complementar a animação do palco principal funcionando como mostra de artistas e grupos locais. Nesse período decorre a Expo São Mateus que é organizada pela Câmara Municipal de Elvas.


Tradicionais festas do Senhor Jesus da Piedade e Feira de São Mateus têm início hoje


As tradicionais festas do Senhor Jesus da Piedade e Feira de São Mateus têm início hoje, quinta-feira  dia 20 de Setembro em Elvas, com milhares de romeiros a serem esperados num evento com cerca de três séculos de existência.

O ponto alto das cerimónias religiosas é a Procissão dos Pendões, presidida pelo arcebispo de Évora, Francisco Senra Coelho, marcada para hoje, quinta-feira, dia 20 de Setembro às 18H30, que é considerada uma das maiores manifestações religiosas do país, por atingir, habitualmente, dois a três quilómetros de extensão e que por tradição abre os festejos.
Durante os dias de festa, até ao final deste mês, o Santuário do Senhor Jesus da Piedade, construído entre 1753 e 1779, é visitado por milhares de fiéis.
A romaria de São Mateus é uma das mais importantes do país e o programa dos festejos, hoje divulgado pelos promotores, inclui cerimónias religiosas, espectáculos musicais e pirotécnicos, corrida de toiros, exposições e desfiles de bandas filarmónicas.
Promovida pela Câmara Municipal de Elvas, a feira inclui uma mostra de atividades económicas, além de áreas destinadas às instituições, gastronomia e venda de produtos regionais.
A realizar em recinto coberto, os espectáculos do certame, promovidos também pelo município, contam com a participação de Quim Barreiros (dia 20), Calema (21), HMB (22), Diogo Piçarra (27), Ana Moura (28) e Três Bairros & Tim com ensemble de cordas (29), a partir das 23:00, seguindo-se a atuação de dj.
O recinto das festas, no Parque da Piedade, vai contar ainda com a "Praça da Feira", onde os grupos musicais e de cantares e os fadistas de Elvas vão ter oportunidade de actuar.
A tradição do certame e a devoção dos fiéis ao Senhor Jesus da Piedade são as principais características do evento, que atrai milhares de pessoas, sobretudo de outras localidades do Alentejo e da Extremadura espanhola.

Campo Maior integra candidatura do vinho da talha a Património da Humanidade pela UNESCO


O Município de Campo Maior, juntamente com mais 19 municípios e sete entidades, integra o projecto de candidatura a Património da Humanidade da produção artesanal de vinho de talha, prática milenar de vinificação típica do Alentejo.

Actualmente, "há 20 municípios e sete entidades envolvidas" no projecto de candidatura da produção artesanal de vinho de talha à classificação de Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO" (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura), afirmou Rui Raposo, presidente da Câmara de Vidigueira, que lidera o processo.
Segundo o autarca, a autarquia já assinou um protocolo de cooperação com outros 19 municípios alentejanos e sete entidades interessados em participar no projecto, que visa "salvaguardar" a produção artesanal de vinho de talha.
Os subscritores do protocolo vão começar a trabalhar para, numa primeira fase, se elaborar e apresentar a proposta de inscrição da produção artesanal de vinho de talha no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial e, numa segunda fase, se elaborar e apresentar a candidatura a Património da Humanidade junto da UNESCO, num processo que deverá durar "dois a três anos", disse.
Na primeira fase, será feito um mapa das zonas onde há produção artesanal de vinho de talha e um trabalho de investigação sobre a prática de vinificação.
Os municípios envolvidos vão definir medidas que irão constar no plano de salvaguarda da produção artesanal de vinho de talha a incluir no processo de candidatura a Património da Humanidade.
Além de Campo Maior, a candidatura envolve os municípios de Aljustrel, Almodôvar, Alvito, Beja, Cuba, Ferreira do Alentejo, Moura, Serpa e Vidigueira, no distrito de Beja; Borba, Estremoz, Évora, Mora, Mourão, Reguengos de Monsaraz e Viana do Alentejo, no distrito de Évora; e Arronches, Campo Maior, Elvas e Marvão, no distrito de Portalegre.
O Centro de Formação Profissional para o Artesanato e Património, a Comissão Vitivinícola Regional do Alentejo (CVRA), a Direcção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural, a Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Alentejo, a Direcção Regional de Cultura do Alentejo, a Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo e a Vitifrades - Associação de Desenvolvimento Local são as entidades envolvidas.
Segundo a CVRA, em Portugal, "o Alentejo tem sido o grande guardião" do vinho de talha e tem "sabido preservar" a prática de vinificação criada pelos romanos, com mais de 2.000 anos.
"Seguindo os processos mais clássicos ou adoptando alguma modernização, o vinho de talha mantém-se como um produto único, sublime representante da milenar cultura do vinho no Alentejo", frisa a CVRA.
Ao longo dos tempos, a técnica de produzir vinho em grandes vasilhas de barro, conhecidas como talhas, foi passada de geração em geração, "de forma quase imutável".
Não há apenas uma forma de fazer vinho em talhas, já que a produção varia ligeiramente consoante a tradição local, mas, segundo a forma mais clássica, que "pouco mudou em mais de 2.000 anos", as uvas esmagadas são colocadas dentro de talhas e a fermentação ocorre espontaneamente, explica a CVRA.

CDU Campo Maior, na Assembleia Municipal, rejeita transferência de competências para as Autarquias Locais


A CDU de Campo Maior, na sessão ordinária da Assembleia Municipal, realizada no passado dia 14 de Setembro, rejeitou a transferência de competências do Poder Central para as Autarquias Locais, aprovada por Lei. Para dar a conhecer a sua posição sobre a matéria, a CDU enviou um comunicado às redacções, que transcrevemos a seguir.

"Graças à grande insistência do Grupo Municipal da CDU, e apesar da resistência do PS, foi discutida e votada a não aceitação da transferência de competências do Poder Central para as Autarquias Locais, aprovada pela Lei 50/2018 de 16 de agosto.
Com esta transferência de encargos, fruto do entendimento entre o Governo PS e o PSD, visa-se desresponsabilizar o Poder Central de áreas tão importantes como saúde, educação, justiça, cultura e património, entre muitas outras, passando para as autarquias os encargos sem o correspondente financiamento. Áreas que são e deverão continuar a ser da responsabilidade do Poder Central.
De acordo com a Lei em vigor, as autarquias que não pretendessem aceitar “transferência de encargos” no ano de 2019, deveriam pronunciar-se nesse sentido até ao dia 15 de setembro, devendo comunicar esta mesma intenção à Direcção-Geral da Autarquias Locais. Caso as autarquias não se pronunciassem, de acordo com a Lei em vigor, aceitavam tacitamente as competências.
No momento da verdade, e apesar de intervenções enganosas noutro sentido, o Partido Socialista decidiu votar contra a não aceitação da transferência em 2019, passando um “cheque em branco” ao governo. Para esta votação escudou-se numa missiva enviada pelo Ministro da Administração Interna, desprovida de qualquer valor jurídico e que não altera, em circunstância alguma, os prazos estabelecidos por uma Lei da Assembleia da República, sendo apenas uma forma de pressão desmesurada de um Governo sem norte, no que diz respeito a esta matéria, sobre os eleitos, aconselhando-os a desrespeitar a Lei.
O PS decidiu protelar aquilo que poderia ter ficado resolvido.
Esta posição poderá pôr em causa a garantia de universalidade em igualdade para todos os cidadãos, pois não existem garantias de que vá ser atribuído o financiamento necessário para a prossecução das competências a transferir.
Mais, poderá pôr em causa o cumprimento das tarefas e competências que as Autarquias têm aos dias de hoje, muitas delas com cabimento Constitucional.
O Grupo Municipal da CDU apela a que todos os campomaiorenses defendam os seus Direitos, consagrados na Constituição.
Não podemos deixar que os Direitos do nosso povo fiquem à mercê da boa ou má saúde financeira de cada autarquia, nem sujeitos à discricionariedade de cada município".

Passeio da memória 2017, caminhada solidária da Alzheimer Portugal, em Campo Maior no sábado dia 22 de Setembro



A Associação Alzheimer Portugal, com a colaboração do Gabinete Alzheimer Maior, a Santa Casa da Misericórdia de Campo Maior e a Câmara Municipal de Campo Maior, vai organizar, no próximo dia 22 de Setembro, às 9H30, mais uma edição do “Passeio da Memória”.

O Passeio da Memória é uma caminhada solidário que tem como objetivo assinalar o Dia Mundial da Pessoa com Doença de Alzheimer. Para assinalaresta efeméride, a Alzheimer Portugal promove a 8ª edição do Passeio da Memória, em várias cidades por todo o país, com o objetivo de informar e consciencializar para a importância de se reduzir o risco de desenvolver demência, para os sinais de alerta da doença e, sobretudo, para a importância do diagnóstico atempado.

Em Campo Maior, esta é já a 5ª edição da caminhada, que este ano tem como ponto de partida o Jardim público de Campo Maior, no dia 22 de Setembro, às 9H30.

A participação terá uma inscrição no valor mínimo de 5,00€, como donativo, que reverte a favor da Alzheimer Portugal, tendo os participantes direito a receberem uma T-shirts bem como o seguro de acidentes pessoais.

Os interessados poderão inscrever-se no site, através do link oficial, que abaixo se transcreve, e receberão automaticamente uma referência multibanco no email para pagarem o donativo de inscrição http://passeiodamemoria.org/


Ou se preferirem através do e-mail alzheimer.maior@scmcm.pt ou pelo contacto 961315534


Dentistas em todos os municípios até 2020 é objectivo do projecto "Saúde Oral para Todos"


Existir um consultório com médico dentista em todos os municípios é este o planto do projecto ‘Saúde Oral para Todos’, apresentado pelo Governo esta terça-feira, 18 de Setembro, em Lisboa.
De momento, segundo noticia o Público, estão em colaboração 65 autarquias, com o número de consultório públicos e de consultas de saúde oral a aumentar até 2020, ano em que o Governo prevê ter todo o território nacional coberto com este programa.
De acordo com o Ministério da Saúde “de 13 gabinetes públicos em 2016 passar-se-á em 2018 para 92 e no próximo ano para 210, com Lisboa e Porto a terem mais do que um gabinete.
Segundo o Público “uma das mais-valias desta estratégia reside na parceria estabelecida com autarquias, que apoiam as cinco administrações regionais de saúde do país na criação das consultas de medicina dentária nos centros de saúde, fornecendo as cadeiras de dentista e os equipamentos complementares, como o de raios X”.
Actualmente há 53 concelhos com um consultório público de saúde oral. No Alentejo há sete autarquias com este modelo.
Da parte do governo, o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, afirma que idosos beneficiários de complemento solidário têm direito a reembolso da despesa em 75%.
“Isto é um caminho e o caminho faz-se caminhando. Os utentes mais graves, com mais problemas e menos capacidade económica, terão seguramente uma resposta no Serviço Nacional de Saúde”, referiu o governante.
Ainda assim para aceder a estes consultório os utentes são obrigados a ver primeiro o médico de família. São os médicos de família que orientam os utentes para o médico dentista.

Há precisamente um ano que o Padre João Luís tomou posse como pároco de Campo Maior


Há precisamente um ano, no dia 17 de Setembro de 2017, noticiávamos a tomada de posse do novo Pároco de Campo Maior, Padre João Luís da Silva. Para relembrar este momento e assinalar a efeméride, aqui transcrevemos a notícia.

"A Igreja Matriz de Campo Maior encheu-se de fiéis para assistir à tomada de posse do novo pároco, que teve lugar no decorrer da Eucaristia Dominical, celebrada ao meio-dia.
Este Domingo, dia 17 de Setembro, a paróquia de Campo Maior está em festa pela realização do acto de posse do novo Pároco, Padre João Luís da Silva, que lhe foi conferida pelo Arcebispo de Évora, D. José Alves.
O padre João Luís Gonçalves da Silva, que se desvinculou das funções que desempenhava nas paróquias do concelho de Coruche, chega agora a Campo Maior, onde foi também nomeado capelão do Mosteiro da Ordem da Imaculada Conceição e capelão da Santa Casa da Misericórdia.
Depois da Eucaristia, teve lugar um almoço partilhado nas instalações do Verbum Dei, na Av. Calouste Gulbenkian, onde participaram, para além dos paroquianos, o novo Pároco e o Arcebispo de Évora."



Em Campo Maior, Semana Europeia da Mobilidade "já mexe" com várias actividades


A Programação da Semana Europeia da Mobilidade, este ano sob o mote "Combina e Move-te", teve início no passado dia 16 de Setembro.
Durante a manhã decorreram as provas de estafeta, corrida caminhada, que ligaram Campo Maior a Degolados num total de 10 km e nas quais participaram mais de uma centena de atletas.
No final, o Presidente do Município, Ricardo Pinheiro, os Vereadores João Muacho e Luís Rosinha e o Presidente da Junta de Freguesia de Nossa Senhora da Graça dos Degolados, Florival Cirilo, participaram na entrega das medalhas aos participantes.
Já durante a tarde aconteceu a II Corrida de Carrinhos de Rolamentos que, mais uma vez, aconteceu no Campo da Feira, proporcionando uma tarde bastante divertida e cheia de movimento a todos os participantes.
Esta acção integra a estratégia definida no PEDU - Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano de Campo Maior, através do projecto designado por “Promoção divulgação e sinalética para a mobilidade urbana sustentável”, aprovada no âmbito do Programa Operacional Regional Alentejo 2020, co-financiada pelo FEDER e que visa sensibilizar a população para a mobilidade urbana sustentável no concelho.

O futuro das Comunidades Ciganas em debate transfronteiriço no Centro Cultural de Campo Maior


“Comunidades Ciganas… Perspectivas Futuras” é o tema das primeiras Jornadas Transfronteiriças que vão decorrer, quinta-feira, dia 20 de Setembro, no Centro Cultural de Campo Maior.
A responsável do núcleo distrital da Rede Europeia Anti Pobreza (EAPN) de Portalegre, Isabel Lourinho, diz que as jornadas servem sobretudo para promover uma reflexão sobre o processo de integração das comunidades ciganas.
A mesma responsável diz que a escolha do local se deve “ao trabalho relevante” que o município de Campo Maior tem feito ao nível das comunidades ciganas, e também pela proximidade com Espanha, uma vez que o evento também quer dar a conhecer a realidade do outro lado da fronteira.
Isabel Lourinho diz ainda que o Alto Alentejo vai ser comtemplado com uma medida que permite a empregabilidade dos ciganos, o que demonstra que o Governo tem feito esforços para a integração destas comunidades.
O evento é organizado pela EAPN- Rede Europeia Anti Pobreza, Núcleo Distrital de Portalegre, em parceria com Câmara Municipal de Campo Maior e o CLDS – Campo Maior Vila Solidária da Europa.
As jornadas, que decorrem entre as 10 e as 17h00, contam com a presença de entidades como Alto Comissariado para as Migrações, enquanto entidade responsável da Estratégia Nacional de Integração da Comunidade Cigana, o Observatório das Comunidades Ciganas e a EAPN.

«Memórias e Pensamentos» livro dedicado ao cónego Donaciano, da autoria do seu irmão Padre Tomás Afonso apresentado hoje em Campo Maior


«Memórias e Pensamentos», é o título do livro apresentado hoje, dia 16 de Setembro, em Campo Maior, em homenagem ao Cónego Donaciano Marques Afonso. Da autoria do Padre Tomás Marques Afonso, seu irmão, a apresentação teve lugar na Igreja Matriz de Campo Maior, pelas 17H00.
O livro que conta com o prefácio escrito por D. Maurílio de Gouveia, Arcebispo Emérito de Évora foi apresentado por D. José Alves, também ele Arcebispo emérito de Évora, descreve a vida do Cónego nas suas várias etapas enquanto ao serviço da igreja.
Esta singela cerimónia contou com a presença de muitos fiéis campomaiorenses que encheram a Igreja Matriz para ouvir as muitas citações, memórias e lembranças daquele que esteve ao serviço da Igreja em Campo Maior ao longo de 42 anos. O Presidente da Câmara Municipal de Campo Maior, Ricardo Pinheiro, e o Comendador Rui Nabeiro, tiveram a oportunidade de apresentar o seu testemunho sobre a passagem do Cónego Donaciano por Campo Maior. Na apresentação deste livro, também o Padre João Luís e o Diácono Virgílio Gameiro, tiveram oportunidade de relembrar a figura e o percurso do Cónego.
O livro dedicado ao cónego Donaciano Marques Afonso (faleceu a 31 de Dezembro de 2016) é escrito em verso e contém vários testemunhos de naturais de Campo Maior.


Notícia relacionada:

Vinhos alentejanos conquistaram mais de 30 medalhas em concurso na Alemanha


Os vinhos alentejanos conquistaram 38 medalhas, 16 das quais de ouro, no 23ª Mundis Vini Summer Tasting (2018), num total de 154 medalhas atribuídas a Portugal.
Entre os produtores portugueses reconhecidos neste prestigiante concurso de vinhos alemão, encontram-se produtores de Redondo, Borba, Arraiolos, Estremoz e Montemor-o-Novo.
Segundo informações do ‘Meininger’, a Herdade do Freixo II (Redondo) conquistou 2 medalhas de ouro e 2 medalhas de prata, assim como a Adega Cooperativa de Redondo.
A Casa Relvas de Redondo conquistou 6 medalhas de ouro e 3 de prata, enquanto a Adega de Borba venceu 3 medalhas de ouro.
O Monte da Ravasqueira - Arraiolos, conquistou 2 medalhas de ouro e 4 medalhas de prata, e a Quinta da Plansel - Montemor-O-Novo foi distinguida com 1 medalha de ouro 2 de prata.
Reconhecidos com 1 medalha de prata foram ainda vinhos de Torre de Palma - Monforte; Amareleza Vinhos - Amareleja; Cooperativa Agrícola da Granja; BCH - Comercio de Vinhos – Évora; Sociedade Agrícola Herdade Dos Lagos - Mértola; Altas Quintas – Portalegre.
Três vinhos do produtor estremocense J. Portugal Ramos venceram 3 pratas.
O concurso reuniu 4.311 vinhos de todo o mundo, provados e classificados por um júri de 175 especialistas de 40 países.

Marcelo Rebelo de Sousa vai participar e patrocinar, através da Presidência da República, o 2º Congresso Melhor Alentejo


O Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa vai participar e patrocinar, através da Presidência da República, o 2º Congresso Melhor Alentejo, uma iniciativa do movimento de cidadania para chamar a atenção do País para as prioridades que marcam o dia-a-dia da região do Alentejo.
O 2º Congresso Melhor Alentejo realiza-se no dia 19 de Setembro, na cidade de Portalegre e apresenta como principais objectivos debater a criação de um plano estratégico para a gestão da água, debater o desenvolvimento de novas infraestruturas rodoviárias (incluindo a reabilitação das infraestruturas ferroviárias e aéreas), e debater ainda a urgente tomada de medidas para um rápido aumento demográfico (através da fixação de pessoas e de empresas) no Alentejo.
Depois da primeira edição ter acontecido em 2017 em Beja, o Congresso Melhor Alentejo decorre este ano em Portalegre e conta entre outros com a participação dos ministros da Agricultura, Ambiente e Planeamento, Luís Capoulas Santos, João Pedro Matos Fernandes e Pedro Marques; e ainda membros do Governo Regional de Espanha.
O Congresso Melhor Alentejo foi fundado por Manuel Valadas, Renato Carrasquinho, José Maria Amorim Falcão, José Ribeiro e Castro, Luís Mesquita Dias e José Roquette,

Alterações provisórias do trânsito no concelho de Campo Maior nos dias 16 e 22 de Setembro


INFORMAÇÃO À POPULAÇÃO

O Município de Campo Maior vem, através de um Despcho, informar a população que irão ser efectuadas algumas alterações provisórias do trânsito no concelho de Campo Maior nos dias 16 e 22 de Setembro.
Estas alterações devem-se à realização dos eventos da Semana Europeia da Mobilidade.
Assim, as alterações são as seguintes:
Na Rua do Campo da Feira, no dia 16 de Setembro, e na Variante de acesso ao Centro Escolar e no Troço da Rua Dr. Tello da Gama, entre a Rua Gil Vicente e a Rotunda da Variante de Acesso à Zona Industrial (Rotunda do Lagar), no dia 22 de Setembro.

Estas alterações acontecem devido à realização da II Corrida de Carrinhos de Rolamentos e do I Duatlo de Campo Maior, atividades inseridas na Semana Europeia da Mobilidade, cuja programação pode consultar em: bit.ly/2QuDBdF




«Memórias e Pensamentos» livro dedicado ao cónego Donaciano, vai ser apresentado no próximo Domingo em Campo Maior


O Arcebispo emérito de Évora, D. José Alves, vai apresentar, este Domingo, dia 16 de Setembro, em Campo Maior, um livro dedicado ao cónego Donaciano Marques Afonso.
O evento decorre na Igreja Matriz de Campo Maior, às 17H00, e o livro tem como título «Memórias e Pensamentos», lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.
O livro dedicado ao cónego Donaciano Marques Afonso (faleceu a 31 de Dezembro de 2016) é em verso e contém vários testemunhos de naturais de Campo Maior.